Cariré está na relação das 85 cidades do Ceará aptas a vacinar a população em geral contra a Covid-19; veja a lista completa


Dos 184 municípios do Ceará, 85 já estão aptos a iniciarem a vacinação da população em geral contra a Covid-19. A informação foi confirmada pela secretária-executiva de Vigilância e Regulação da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa), Magda Almeida, em entrevista ao Diário do Nordeste na manhã desta sexta-feira (4). Ela informou 83 municípios, mas a lista enviada pela Secretaria apresenta 85.

"Temos hoje 83 municípios que, pelas metas do cadastro no Saúde Digital, já podem avançar para a população em geral. Inclusive, o lote de hoje que vai ser enviado já vai contemplar 100% dessa população que está cadastrada", afirma, completando que o quantitativo é reservado a pessoas de 45 a 59 anos já inscritas.

Nessa quinta (3), o Estado recebeu um novo lote com mais 24.570 doses da Pfizer. Magda reforça que quem não se cadastrou não pode ser incluído no planejamento de distribuição das vacinas, daí a importância de se inscrever ou atualizar os dados.

Confira a lista por ordem alfabética:
Acarape
Altaneira
Alto Santo
Antonina do Norte
Aracati
Aracoiaba
Ararendá
Araripe
Aratuba
Baixio
Baturité
Beberibe
Bela Cruz
Brejo Santo
Camocim
Campos Sales
Capistrano
Cariré
Catunda
Caucaia
Cedro
Chorozinho
Coreaú
Crateús
Forquilha
Fortim
Frecheirinha
Graça
Granja
Granjeiro
Groaíras
Guaiúba
Ibaretama
Ibiapina
Ipaumirim
Ipueiras
Iracema
Itaiçaba
Itapiúna
Itarema
Jaguaretama
Jardim
Jucás
Lavras da Mangabeira
Madalena
Marco
Massapê
Meruoca
Milagres
Milhã
Missão Velha
Mombaça
Monsenhor Tabosa
Morada Nova
Moraújo
Morrinhos
Mucambo
Mulungu
Novo Oriente
Pacatuba
Pacujá
Palhano
Paramoti
Penaforte
Pindoretama
Pires Ferreira
Potengi
Quiterianópolis
Quixadá
Quixelô
Reriutaba
Russas
Salitre
Santa Quitéria
Santana do Cariri
São Benedito
Sobral
Solonópole
Tamboril
Tianguá
Tururu
Uruburetama
Varjota
Várzea Alegre
Viçosa do Ceará

Os 85 municípios mencionados já atingiram imunização acima de 90% da meta do terceiro grupo, formado por pessoas com comorbidades, gestantes, puérperas e pessoas com deficiência. Os demais 99 só devem ser autorizados quando alcançarem a mesma marca.

FONTE: Diário do Nordeste / Metro

Postar um comentário

0 Comentários