"Papai Noel Canela" distribui presentes às crianças carentes de Juriti, Retiro e Tapuio, no município de Cariré-CE

Todos os anos, a criançada da zona rural dos municípios de Groaíras e Cariré, no norte do Estado, esperam ansiosamente pela semana do Natal. Por isso, varias crianças acompanhadas do pai ou da mãe, acordaram cedo e foram para o local marcado para o encontro com o personagem mais esperado neste período de festejos natalinos, ainda mais quando se trata de ganhar presentes das mãos do próprio Papai Noel. 

No Sábado, Sob o forte Sol do semiárido, moradores das localidades de Juriti, Retiro, e Tapuio aguardaram com paciência, juntamente com outras famílias, a chegada do bom velhinho. No Domingo, a comitiva do Papai Noel, se dirigia para localidade de Borel.
Em minutos, foi formada uma fila que se postou atrás da caminhonete, e aos poucos, crianças e adolescentes receberam Pirulitos, Xilitos, e o que mais elas aguardavam: brinquedos variados e até cestas básicas, que garantirão uma alimentação mais reforçada nesse período tão difícil de escassez de água e alimentos para quem sobrevive do campo.

Brinquedos

O comerciante Marcione Aguiar, popularmente conhecido como Canela, diz que teve uma infância difícil, e quase sem presentes, no interior de Groaíras. Os brinquedos eram confeccionados por ele mesmo e os outros irmãos, com objetos variados como latas de sardinha, pedaços de madeira e papelão. "Eramos pobres, mas unidos lá em casa. Mas não tínhamos condições de ter presentes. Hoje, a cada presente que entrego, quando vejo a alegria nos olhos dessas crianças e até dos pais delas, eu me sinto realizado", disse o Papai Noel de Groaíras, com os olhos marejados.

"Comecei sozinho a fazer esse trabalho em 2009, e fui conquistando mais e mais pessoas para as doações e ajudar nas entregas. É uma missão que eu faço com prazer todos os anos, com alegria no coração. Passo o ano comprando brinquedos e juntando. E quando se aproxima o natal, amigos, e familiares reforçam com doações.", disse, enquanto distribuía presentes.

Mais imagens. Clique aqui.

Postar um comentário

0 Comentários